quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Insone

Visualizações:


O gosto da dor
é o remédio
e o tédio
dispendioso
de uma oração
feita
às pressas
sem fé,
sem um gole de cerveja
mas;
é o amor
tão escasso
por esses dias
que toma as rédeas.

Sem amor um beijo inadequado,
sem amor uma sensação inodora,
pois;

do amor que brota a dor
que acorda
que amanhece
na fruta
do meu pecado
tão descarado
eu desgarrado
desse rebanho
que farto está
ganancioso
e, eu amoroso
em versos curtos
inda me lembro;

lembro das dores e das aflições
lembro dos cavalos das pareidóilas
só esqueci de adormecer
enquanto o corpo padece insone.


Jonas R. Sanches
Imagem: Leka Cid

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...