sábado, 1 de fevereiro de 2014

Delírios de uma Nova Aurora

Visualizações:


Delírios de uma nova aurora
manhã nascente em fevereiro
sábia que fugiu da gaiola
que foi cantar no abacateiro

me lembra dos tempos de criança
de quando ouvia essa canção
no sentimento faz lambança
e me acelera o coração.

Delírios de uma nova aurora
manhã tão quente em fevereiro
vejo o cravo que brigou com a rosa
espatifado no canteiro

me faz lembrar da doce infância
de quando a cantiga era rotina
sentimento busca a distância
e nas lembranças se desatina.

Delírios de uma nova aurora
colorindo a manhã de fevereiro
canarinho na gaiola chora
pois foi embora o seu janeiro

então eu choro junto ao canto triste
do passarinho que já não voa
então eu abro a sua gaiola
e ele sai voando e sorrindo à toa.


Jonas R. Sanches
Imagem: Kahler

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...