segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Jardins Venenosos da Minha Alma

Visualizações:


Descobri flores no fundo do meu coração
mas nelas existem muitas dores e espinhos
que fazem sangram quem as ousarem tocar
que envenenam os que inalam seus olores.

Descobri flores, muitas flores no meu coração
e suas cores hipnotizam até que já não suporte;
nesse jardim somente eu posso pisar
pois se pisares suas pétalas são sua morte.

Descobri flores raras brotando em minh’alma
e os seus polens são nocivos ao olhar
por isso eu guardei-os onde eu não possa vê-los
e resguardei-me de toda vontade de amar.

Jardins secretos em minha mente perturbada
com borboletas que assemelham-se as fadas;
jardins silvestres colorindo meu espírito
que já não chora, apenas ora enquanto grito.

Descobri flores entranhadas no interior
desse ser louco que habita nesse vil corpo,
descobri a vida e fugi dela por uma flor
pois em si mesmo descobri um jardim morto.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...