segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Sanguinem Alchemical

Visualizações:


Um acorde que acorda a alma
em arpejo que liberta a mente
ressoando em raro solfejo
despertando profundo desejo
de partir para lugar nenhum
de caminhar pelo vazio do tempo
voando livre na noite ao relento
e dos tormentos um riso profundo
e algum pranto ouvido ao submundo.

Um acorde que acorda os mortos
em som rugindo a trombeta do anjo
entre harpejados do apocalipse
cavalgando o fim em cavalos de fogo
renovando assim pelas mãos da morte
definhando além do que era forte
e o que era novo já envelhecido
renasce entre ósculos e gemidos
de um doirado sol em sua transmutação.


Jonas R. Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...