quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Soneto Almiscarado

Visualizações:


Daquele seu olor almiscarado
lembranças doces do passado
na mente assim vivificadas
chegando como as enxurradas;

e no peito reina então a nostalgia
saudade intensa daquele dia
que caminhávamos junto ao mar
mirando os veleiros a aportar.

Daquele olor um olhar distante
e um brilho que mira o horizonte
distante com cores pitorescas

de profundidades dantescas;
então eis que é a ti minha poesia
que nasce augusta no raiar do dia.


Jonas R. Sanches
Imagem: Adão Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...