segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Pensamentos Incolores

Visualizações:


Tarde cinzenta,
sentimento em branco e preto,
todas as flores estão caladas
e meus pesadelos uivam.

Crepúsculo pesado,
céu plúmbeo,
não há cores na cordilheira
e as borboletas estão decepadas.

A noite chega frenética,
estrelas amarguradas,
sonhos despedaçados
alimentando cães famintos.

Madrugada ensolarada,
luas indigestas,
desejos inesperados
alimentando a consciência.

Tarde cinzenta
e são todos nossos pecados;
rios secos inanimados
e as escolhas são duvidosas.

Crepúsculo pesado,
olhares plúmbeos,
coração em branco e preto;
poetas, versos tão solitários.

A noite chega sorrateira
e o beijo é de mil mortes,
mil vidas alienadas
aos profundos medos comuns.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...