sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Amigos Fiéis

Visualizações:


Eu e meus cachorros
sentados na calçada
vislumbres e latidos
desbravando a madrugada;

eu uivo e eles uivam
pela noite enluarada,
eu e meus amigos fiéis,
eu rosno no latido

a poesia vem comigo
e também o meu cão;
e chamo:
- Vem cá Sansão!

E a Bolinha com ciúmes
no cantinho late;
e o Sansão rebate:
Hoje é a noite do cão...

E eu acolho com carinho
a Bolinha e o Sansão.
E uivo junto dos cães...

Eu lato uma poesia
que no latido se desvia
e entorpece e adormece;
na paz da guarda dos cães.


Jonas R. Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...