sexta-feira, 25 de outubro de 2013

No Limbo do Coração

Visualizações:


Das mágoas cansadas bebi
em copos onde me afoguei
tragédias que sobrevivi
tampouco que não revoguei

as flores de outrora e as cores
picantes de pétalas murchas
secando em colares de bruxas
tentando me enfeitiçar.

Das dores da alma provei
em corpos de vidas passadas
verdades d’onde eu renasci
em carcaças fulgentes quebradas

com asas pelas madrugadas
eternas desse sofrimento
que vai além do meu lamento
e adormece pelas poesias.

Do sangue dos santos bebi
e então eu me apaixonei
e à morte então resisti
e ao limbo então retornei

com as mão vazias de pecados
com uma cesta de borboletas
com um relógio ou ampulheta
e ali erigi meu novo lar.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...