segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Soneto dos Martírios

Visualizações:


Suplício célere mortificado
de um homem-Deus animalizado
sanando a mente em vãs conjecturas
vandalizando as doces amarguras.

Martírio inspiratório organizado
de um anjo-Deus insano enclausurado
chorando as dores e suas desventuras
gritando ao céu canções sem partituras.

Estigmas surtindo efeitos maviosos,
ferimentos profundos harmoniosos
refletindo águas desse rio sangrento,

onde navega a nau do sofrimento
que dilacera a carne além da morte,
tornando o homem-alma assim mais forte.


Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...