sábado, 13 de julho de 2013

Quando a Saudade Foi Embora

Visualizações:


E agora a cor d’algum sorriso
e a nostalgia vai embora
quando meus olhos te olham
e veem chegar com toda paz.

E agora adormeço tranquilo
e a noite que era saudade
quando te viu sentiu vaidade
e pôs-se em estrelas a brilhar.

E agora sou eu e a luz da lua
se derramando em sua rua
enquanto passas iluminada
caminhando rumo a madrugada.

E o silêncio então passou
e o meu canto a ti foi noturno;
serestas do taciturno
elevando-se pelo espaço;

e a distância tornou-se laço
que entrelaçado em desembaraço
modificou-se junto as nossas almas
que unificaram-se a iluminar

picos, planícies, nuvens e mar
que carregou aquele recado
deixado a orla, despedaçado
por mãos de apaixonados.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...