quarta-feira, 24 de julho de 2013

No Frio do Amanhecer Aquela Velha Fotografia

Visualizações:


Do novo dia no bafo gelado do mundo
e meus pensamentos vagam a ti
distante com seu abraço quente e acolhedor;
no coração apenas alguma dor.

Do novo dia o velho frio da alma
que solitária busca o afago do sol
mas, meu sol está distante e você também;
no vago olhar miragens do seu sorriso.

Do novo dia retalhos de recordações
e em meio aos retalhos dos meus dias
o seu doce olor guardado no meu cachecol;
no canto do pássaro apenas o som da nostalgia.

Do novo dia o bafo gelado da alcova
tão vazia sem o seu sussurro
versando e iluminando todos os sonhos;
na última estrela a lembrança da noite que se foi.

Do novo dia o beijo gelado da morte
tão sucinta e fatal que arrebata
todos os nossos planos escritos no arrebol;
na palavra de despedida o que ficou foi uma lágrima.

Do novo dia os velhos tempos e a poesia
tão fria quanto a saudade que permanece
e já pelas noites o corpo não arrefece
mas, inda te sinto viva na velha fotografia.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Um comentário:

  1. Muito linda poesia! E no inverno parece que as lembranças se fortalecem e tb a solidão.bjs e boa semana,

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...