segunda-feira, 20 de maio de 2013

Silhueta do Espaço

Visualizações:



Do rubro olhar eloquente
em um mundo cinzento insurgente
uma fresta augusta surgiu
clareando o próximo passo

que calmo tal qual manso regato
que contorna em destreza obstáculos
impostos nessa senda oblíqua
de um ser complexo alterado

pelos elos com o mundo incriado
pela mente descrente ambígua
de um louco poeta inspirado
pelo ócio dos dias transpassados

por espadas de sonhos longínquos
em castelos de areia soterrados
pelas prisões de vidro e ampulhetas
onde o tempo é um silhueta

de um segundo eterno no espaço
libertado das mortes e vidas
relativas aos novos pecados
que cometi em meus versos inadequados.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Wikimedia Commons/ Friendlystar – CC BY 3.0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...