terça-feira, 7 de maio de 2013

Do Ser Complexo Algum Reflexo de Outro Ser

Visualizações:


Do ser um não ser que já não sei
mas que já foi e um dia há de voltar
para poder renascer e então amar
o outro ser que semelhante há de ser.

Do ser um não ser que já não é
mas que será no tempo que inda não foi
e o que se foi irá voltar para reclamar
do semelhante aquele seu puro amor.

Do ser um ser que foi e é e inda será
a luz suprema do sentir que é amar
e os paradoxos já tão complexos são o que são
e continuam a guiar os passos do coração.

Do ser que é a poesia ou não seria
a linha trêmula de um verso escasso de solidão
ou a rima rica empobrecida da luz vazia
que inverte as coisas nos reflexos dos que serão.

Do ser um ser e outro ser que nasce agora
de um parto farto de riso e dor e o meu amor
dito nas quadras, dito nas mágoas, dito nas águas
de minhas lágrimas de tanto rir do meu ardor.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Paul Cooklin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...