segunda-feira, 1 de abril de 2013

Somente mais um Segundo Interminável

Visualizações:



Somente mais um segundo
e o mundo passou pelo tempo
nos grãos límpidos da ampulheta
enquanto a fantasia era só poesia.

Somente mais um segundo
e o tempo passou pelo mundo
e deixou minhas vidas guardadas
nos versos fúnebres de uma mortalha.

Somente mais um segundo
e serão versos rápidos e imundos
ou tão limpos que em transparência
gritarão cantigas de indecência.

Somente mais um segundo
e a roda cósmica despedaçará
e dos cacos fragmentos de novos mundos
onde a eternidade repousará infinita.

Somente a semente do tempo
semeada ao horizonte dos ventos
germinando todas as flores siderais
colhendo as vidas ceifadas do amanhã.

E no meu relógio ponteiros da imaginação
contam minutos esdrúxulos e inacabados
de um tempo inanimado refletido nos espelhos
de um passado tão cansado que morreu na memória.

Somente mais um segundo
e o sol já vai surgir na aurora
e o tempo irá renascer algoz
e minha carcaça apodrecerá na campa;

enquanto isso minha alma voará pelos cumes universais...


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...