quarta-feira, 10 de abril de 2013

De um Acorde do Universo

Visualizações:



É uma música mágica
sussurrando aos olvidos
e o corpo a soçobrar
nas ondas desse mar

tão imenso de prantos
já secados aos ventos
que trazem palavras novas
que trazem as boas novas

tão velhas que padeceram;
e a música continua
na tez da donzela nua
que entrelaça-se aos lençóis

que renasce à luz de sóis
tão imensos num céu insano
de estrela de milhões de anos
e de cacos de muitas vidas

pelas eras já retorcidas;
é a mágica olvidada
nessa música sem parada
que é cantada pelo universo

enquanto eu risco um verso
e do risco uma poesia
uma noite, um açoite no dia
que de medo precipitou-se

sem saber se ela o amou
sem saber o gosto do beijo
que já quis em algoz desejo
e que morreu com os sonhos.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Orion - NASA/ESA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...