segunda-feira, 8 de abril de 2013

Caminho

Visualizações:


E de repente, no meio da noite ele juntou todos os seus sonhos e partiu.
Mirou nas estrelas seu caminho e disse a si mesmo que só descansaria quando encontrasse o seu eu interior, seu olhar transparecia uma vontade inquebrantável e seus passos galgados suaves demonstravam uma firmeza sobrenatural.
Já era quase o amanhecer então, mirou-se nos espelhos translúcidos do universo e na última aurora reconheceu-se, no rosto esboçou um tímido sorriso, seu corpo foi atravessado por uma sensação de felicidade, era ele mesmo ali a sua frente e a vitória dependeria só dele.
Então desembainhou sua espada e com um gesto determinado batalhou pelos seus dias, pelas suas vidas intermináveis... E existiu pela eternidade!

Jonas R. Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...