domingo, 3 de março de 2013

Venha Comigo

Visualizações:



Venha comigo
mergulhar nos reflexos
desvendar dialetos
das paredes do templo,

venha comigo
cavalgar pelos ventos
espalhando poesia
pela noite dos dias,

venha comigo
caminhar lado a lado
e no amor soterrado
desvencilhar corações,

venha comigo
pelas vias ocultas
desfazer-se da culpa
do pecado da carne,

venha comigo
por esse labirinto
pra colher absinto
e no olor embriagar;

venha amigo comigo
nessa lida sem fim
de estrelas cadentes
que geram luz e ventres.

Venha meu caro irmão
cantar junto ao trovão
esses meus versos infinitos
ou então só assista o meu último rito.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Nalu Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...