sábado, 12 de janeiro de 2013

Meu Sorriso Esdrúxulo

Visualizações:



Seria o esquecimento, a morte
em vida, pleno ser desmembrado,
de consciência espalhada ao vento?
Somente uma lágrima talvez.

E a tristeza de mãos dadas
com essa alegria passageira
e companheira nas passadas
cansadas de um trovador.

Seriam somente estrelas nesse céu?
Mais do que isso, o infinito
de uma mente inconsciente
vestida de nuvens no arrebol.

Desgastado peito sôfrego
desbastado e desafortunado,
seu mísero poema latente
é o reflexo das pegadas vazias.

Seria somente a tristeza passageira?
Ou eterna companheira?
Já não sei dizer o que seria
somente resquícios de uma poesia.

E na próxima aurora quem sabe um sorriso...


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Salvador Dali -The Labyrinth

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...