quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

A Menina da Poesia

Visualizações:



Ah menina que passa
e com graça me olha
e sorri tão brilhante
enfeitando meu querer.

Menina de tez tão leitosa
e de lábios cor de rosa
venha dividir seu mel
venha me levar ao céu.

Menina tão linda da rua
se entregue a minha poesia
que fala em linguagem nua
dessa beleza que é só sua.

Menina de andar pitoresco
venha ser o meu afresco
pintado em telas de paixão
nas entranhas do meu coração.

Menina perfeita qual Afrodite
tão deusa que oro ao seu beijo
e sonho você ao meu lado
e nossos corpos entrelaçados.

Menina que passa com o vento
refrescando meu dia na janela
mais parece conto de Cinderela
esperando um príncipe poeta.

Menina a ti só tenho versos
que refletem minha admiração
que cantam rimas ao seu coração
que descrevem toda sua perfeição.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Júlio (Saúl Dias) - A Menina e o Poeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...