quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Blues das Almas Azuis

Visualizações:



É azul o céu e o blues é antigo
e tem nuvens vagando a esmo
e tem flores e muitas pegadas
nos caminhos das estrelas.

É azul o céu e o blues continua
e continua os transeuntes pelas vielas
e o sol continua a brilhar incessante
nesse firmamento de cometas.

É azul o céu e o blues tem muitas cores
e no oeste as nuvens tingem fogo
e a chuva as vezes escorre nas sarjetas
carregando a sede de novas galáxias.

É azul o céu e é eterno o blues que toca
a gaita dos tempos de um tempo que se foi
e das vidas que partiram para nunca mais voltar
e fica anotado em poesia uma estrofe das almas.


Jonas Rogerio Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...