sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Sem Hora pra Partir

Visualizações:



Poderia ser uma felicidade concreta
mas, seria sem graça o aprendizado
por isso eu guardo as lágrimas num aquário
onde águas-vivas se reproduzem.

Poderia ser uma felicidade sem tristezas
mas, de fato ela é mais que necessária
somente não deixe as estrelas morrerem
pois eu conto caminhos celestes nos quadrantes.

Poderia ser um dia como outro qualquer
mas, é o dia regendo o agora e as realidades
e o que eu vejo é somente mais um buraco no tempo
por onde escapam os lamentos passados e o amanhã.

Quantas nuances tem os sentimentos?
Vejo catálogos inenarráveis de tons
e, as borboletas sentem-se pitorescas
em suas cores e sensações de prior leveza.

Poderia ser um dia sem final e sem inícios
mas, ainda existem muitos relógios ativos
meu relógio biológico já ficou sem pilhas
e agora eu vivo sem mais perguntas e atrasos.

Poderia sem uma simples poesia de amor
mas, eu gosto de coisas complexas e irreais
e, eu bebo sonhos durante as noites de tempestade
e no amanhecer eu descrevo os limiares do meu eu.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...