terça-feira, 13 de novembro de 2012

Bodas Galácticas

Visualizações:



E o dia será de eclipse
e a lua terá quatro fases
e os portais se amplificarão
e as almas desdobrarão o tempo.

E voarão ao vento final
e o olhar já intumescido
não verá o disco solar
que mostrará as trevas.

Mas, ainda é tempo
e, ainda há vida nos campos
e, ainda beberemos água
mas em sede próxima nossa boca secará.

E o dia será de eclipse
e nossas mentes transcenderão
e os guardiões falarão
e toda horda estremecerá.

E eu voarei com o último vento
e, com a última nuvem rósea
e, eu saciarei meus desvarios
enquanto o céu não ficar plúmbeo.

Então eu verei a primeira escuridão
e silenciarei a minh’alma e o coração
mas, quando vier a escuridão segunda
eu me guardarei a luz daquela vela santa.

E serão dias de conturbações
e o sol já não será eclipsado
pois, os astros se ocultarão
e somente ao terceiro dia renascerão.

E o que será visto não será dito
e o que for dito não será ouvido
e o que for ouvido será segredado
e as novas bodas galácticas se iniciarão.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...