terça-feira, 2 de outubro de 2012

Os Galhos do Tempo

Visualizações:



Contorcidos e retorcidos
os galhos dos tempos idos
que levaram os sentimentos
extinguindo os alaridos.

Contornados e retornando
os galhos dos tempos brandos
trazendo meus devaneios
meus versos enfatizando.

Sóis e luas desesperados
entre os galhos da emboaba
um adormece buscando o outro
abdicando das madrugadas.

Galhos e tempos em ampulhetas
de grão em grão escorrendo os dias
gritos que ecoam pelos planetas
vozes que guiam-me nessas vias.

E o passado já não é mais
precipitou-se dos impávidos galhos
naquelas tardes outonais
naqueles tempos de raro orvalho.

Agora os frutos são do ventre das flores
e as cores tem olências exuberantes
e o poeta acolhe o alimento da mente
e observa tudo do parapeito da janela do universo.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

14 comentários:

  1. Que lindo poeta!! Adorei a imagem também...perfeita sintonia entre as palavras!!

    Beijinhos!!♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mari... Uma semana abençoada para você!

      Excluir
  2. Belo texto amigo poeta, que retrata os caminhos que leva aos versos, que teen a distancia que da janela do imaginário pro infinito, colhe frutos da inspiração o poeta no grandioso pomar que e o universo..... Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo apreço Amigo Jorge... Uma tarde e uma semana abençoada!!

      Excluir
  3. Um lindo e melodioso jogo de palavras!
    És um poeta nato.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Marineide... Uma semana repleta de luz para você!!!

      Excluir
  4. Como sempre o poeta encanta e surpreende com as palavras, adorei recitar aqui, parabéns meu amigo,realmente explêndido!!!!

    ResponderExcluir
  5. Belo blog. Parabéns pelas as lindas postagens. Boa noite. VENHA CONFERIR “HEBE CAMARGO” (estrela sorriso) AQUI NO RECANTO DAS LETRAS
    http://www.recantodasletras.com.br/acrosticos/3910524

    ResponderExcluir
  6. Seguindo a trilha e já ficando.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo apreço Paulo...
      Grande abraço e seja muito bem vindo ao meu espaço!!

      Excluir
  7. Esplêndido poema, Jonas! Venho aqui para te aplaudir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Ilustre Amigo Jorge, grande abraço!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...