quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Malditas Pulgas

Visualizações:



Malditas pulgas incontidas
nas orelhas dos meus cães
e são de um mesmo circo;
o circo terrorífico de Bornéu.

Malditas pulgas esbravejadas
pulando lentilhas no ano novo
e sugando o sangue da galinhas
em um açougue sujo tailandês.

Malditas pulgas dos cortiços
saltitantes e inconvenientes
deleitando-se em veias surradas
de um necrotério de Gotham City.

Malditas pulgas sorridentes
saindo de um frasco de pasta de dente
e subindo nas saias das dançarinas
de um cabaré em Bora-Bora.

Malditas pulgas picando elefantes
de um zoológico humano e ilógico
onde existem duas bicicletarias
na esquina de um café em Nagazaki.

Eu vou beber todos os fungicidas
e matar os vermes dos meus jardins
tão secos e coloridos e habitados
pelas borboletas exóticas do Paquistão.

E as malditas pulgas foram morrer 
nos coelhos do Afeganistão e do Vietnã...


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...