terça-feira, 23 de outubro de 2012

Amor e Estrelas e uma Saudade que Rasga os Céus

Visualizações:



Estou cansado e pensativo
e, a lua reluz no quintal
entre o cálice e o punhal
e uma estrela que se apagou.

É mais um dia de ritual
e, a poesia é o sonho perdido
que sussurra no vácuo do peito
recostando a cabeça nos planetas.

Calmaria e um novo dia nascente
revogando o sol entre as chuvas
e um pássaro trouxe boas novas
na ultima palavra do recital.

E foi sensacional o olhar de lapela
e, meus olhos só buscam os dela
e, saudoso busca o reflexo do mar
sentindo os pretéritos a vagar.

Pense em mim amor da vida,
amor eterno e sempiterno
que me acolheu junto aos sorrisos
que me aguarda paciente e com flores.

Mas, eu caminho e tento chegar
e os dias não terminam nos finais
e o amor que eu sinto não tem fim
mas, tem muita saudade e sonhos.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...