sábado, 22 de setembro de 2012

Somente a Chuva para Lavar Minh’Alma

Visualizações:



E no amanhecer a chuva presente
e os rugidos do céu em trovoada
árvores sorrindo desde a madrugada
e os pássaros da aurora em alegria.

É mais um dia renascendo em perfeição
minha alma está lavada pelas águas pluviais
meus caminhos tortuosos seguem firmes
o sofrimento que era presente não é mais.

É à força da magia, bafo dos elementais
restituindo meus segredos e vida
fortalecendo os sonhos dessa lida;
sonhos que eu quase deixei para trás.

É a força da poesia que sai d’alma
e retumba ecoando em corações,
é a força de uma caneta em atividade
a registrar todas as horas da minha missão.

E os pingos cristalinos na janela estão limpando o ar...


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...