terça-feira, 11 de setembro de 2012

Relendo a Alma no Caminho Percorrido

Visualizações:



Não escrevo somente por escrever,
existem sonhos por detrás das letras
e tombos, também existe um amor
daqueles que modifica a gente.

Não escrevo para agradar ninguém,
se as vezes agrado é de minh’alma
que jorra minha essência sofrida
que causa um sorriso em alguém, vez ou outra...

Não escrevo por ego ou outro capricho,
existe um horizonte além dos sonhos
e inspirações, também existem grandes objetivos
que traço diariamente e batalho-os incessantemente.

Escrevo sim a poesia nascida em mim
e, parida no universo de um verso
ou de uma cantiga sobre enamorados
que bailam estrelas e madrugadas de devaneios.

Eu partirei um dia e meus escritos borrarão
em um dia chuvoso ou em uma escrivaninha
onde derramam as lágrimas da saudade
mas, o que eu fui ficará gravado no Éter.

E somente no dia do amanhecer eterno
é onde eu restituirei todas as linhas d’alma
eternizando letra por letra desses pergaminhos
que guardam meu sangue e minha sã insanidade.

E quem sabe as tempestades tragam novos sóis
enquanto eu cuido as flores dos jardins das sementes douradas.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...