quarta-feira, 5 de setembro de 2012

O Decorrer da Estória

Visualizações:



O escritor e a pena em sangue
onde o corvo leva presságios
de um próximo amanhã
de um amanhã talvez sombrio.

O escritor sem embaraços
e olhares com alma despida
e o personagem falece no final
deixando somente a estória.

Gritos, sussurros e penumbras
já não assustam o leitor antigo
mas as sombras que o cercam
são invisíveis aos olhos da carne.

E o enredo pode surpreender
com uma trágica e banal morte
ou apenas com o carteiro
trazendo uma carta bomba.

E os que sobreviveram
salvaram os livros no incêndio
mas perderam suas almas
em uma encruzilhada sinistra.

E da janela sob o brilhoso lampião
lá esta ele olhando para a melancolia,
o mentor das linhas já adormeceu
agora resta a noite fria, as estrelas e o vulto do poeta.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...