domingo, 16 de setembro de 2012

Desalentos Lançados ao Vento

Visualizações:



O que restou foram os cacos
eu os recolhi e guardei no peito
eu me recolhi mergulhando ao leito
sussurrando a voz levada pelo vento.

Hoje sou apenas mais um transeunte
caminhando a esmo nessa via escura
juntando os pedaços dessa vida crua
seguindo descalço nessa eterna rua.

Hoje me esqueci de regar os jardins
esqueci da vida e esqueci de mim
os meus pensamentos que são só você
marcam minha história nesse não viver.

Dores e amores às vezes vêm e vão
mas o meu amor foi feito pra durar
quem dera fosse sonho e um acordar
lembrando aqueles dias lindos de verão.

Hoje recolhi os cacos dessa história triste
amanhã estarei de novo com a espada em riste
pronto pra batalha da jornada eterna
pronto pra curar a minha alma enferma.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...