quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Bagagens da Alma

Visualizações:



Toda uma busca retratada em poesias
que entrelinhas guardam muitos segredos
levando a mente muito além dos medos
e mergulhando em forja a alma bruta que possuo.

Todos os anseios retratados nos olhares
que me vigiam nos espelhos dessa alcova
me censurando e alimentando as esperanças
nessa batalha pelos meus sonhos de criança.

Todas as flores que torneiam meu caminho
possuem cores mas também possuem espinhos
mas nelas eu deposito meus mistérios
e levarei todas comigo ao cemitério.

Todas as vidas revividas pelas eras
deixaram marcas e karmas inevitáveis
colhi desertos e oceanos, também fui guerras,
seguindo os ciclos evolucionários intermináveis.

E minha bagagem é uma mala repleta de luz
onde eu carrego todos os aprendizados conquistados
e carrego também um amor intenso e inquebrantável
que o Cósmico me permitiu reencontrar.

Um amor eterno nesse jardim de violetas e girassóis...


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

2 comentários:

  1. ..."Mergulhando em forja a alma bruta que possuo"(...)
    A perenidade do aprendizado.
    Muito bonito isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo seu apreço Barthes...
      Grande abraço e um bom dia!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...