quinta-feira, 30 de agosto de 2012

As Feridas são Apenas Afagos Noturnos

Visualizações:



Noites e noites de introspecção
onde o ego desnecessário se desfaz
dando lugar a sinceridade interior
que transparece e ilumina a mente.

Noites e noites de meditação
o corpo dormente e o sangue correndo
nos rios incessantes da existência
que carrega a embarcação da poesia.

Noites e noites sem sol nem lua
um distante piado e um grito na rua
mas, nada incomoda o espírito
que recolheu-se ao templo do coração.

Noites e noites onde conto as estrelas
e conto as experiências nos versos
meus sete corpos unidos em harmonia
e meu olhar já vê alem do mundo físico.

Noites e noites intermináveis
seguidas de revelações da luz
seguindo o caminho com obstinação
a passos leves para não acordar o mundo.

E a próxima curva da estrada é primorosa
mas os futuros obstáculos são desafiadores
e a pressa já abandonou os relógios inúteis
resta somente uma vontade crua e inabalável.

Noites e noites em busca de autoconhecimento e paz...


Jonas Rogerios Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...