sexta-feira, 18 de maio de 2012

Voos Poéticos

Visualizações:





São minhas asas em penas de poesia
Que me carregam em voos líricos
Onde pairo em ideias e inspirações
Conjugadas aos meus devaneios e aspirações

São minhas asas cor de fogo e a poesia
Que me movem de mundo em mundo
Fantasiando, compondo e poetando...
Todos os lilases e vitrais da imaginação

São essas asas... Extensas asas púrpuras
Que me sustentam em abismos matinais
Êxtases em cimos de montanhas encantadas
Liberdades plenas em viagens ostentosas
Sobrevoando em nuvens densas cor-de-rosa
Delineando as retas curvas dessa prosa

Asas de anjos, de falcões e potestades,
que me rodeiam orientando o meu planar;
deliciando-me em visões de mil paragens,
são minhas asas que me levam sobre o mar;
e me enlevam em delírios nos ciprestes...
Rasantes livres de uma alma a se explanar


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...