sábado, 19 de maio de 2012

O Jangadeiro

Visualizações:

Imagem: Jangadeiro, Theo Amaral


A jangada vai partindo
Homem pirangueiro e pescador
Vai tirar o seu sustento
Das águas do ribeirão

Navegando bem cedinho
Acordou na madrugada
Forno a lenha... Um cafezinho
E um te amo a sua fada

Mãos aos céus agradecendo
Pela vida ao Deus Pai
Pelo dia que vem nascendo
Pela amada em sua casa

Rede farta ao fim do dia
Um sorriso e o arrebol
Na cabana o fogo aceso
Esquentando o caldeirão

Chega à noite o aconchego
Nos braços de sua donzela
Lua a pino assiste os beijos
Alumiando história bela


Jonas Rogerio Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...