sábado, 31 de março de 2012

Versos Experimentais de Gratidão

Visualizações:


Nesse experimentalismo poético
Galgo os degraus de minhas escritas
Aliados as mentes reluzentes
Dessa explanação de ideias frutíferas

Nesse existencialismo cotidiano
Aprendo o que alhures é escasso
Entre seres tão iridescentes
Entrecortadas pela lucidez desnecessária

E é nessa amálgama de opiniões
Que surgem respostas e esclarecimentos
Um tanto quanto necessários... Sinceros
Onde a escolástica predominante é variável

É nesses versos de retribuição
Que expresso minha fortuita gratidão
Aos grandes pensadores e poetas
De casta nobre e sabedoria repleta

Essa poesia é uma homenagem aos Poetas do C.L.A.E.


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...