domingo, 25 de março de 2012

Navegando os Mares da Vida

Visualizações:



Resolvi zarpar mais uma vez
E enfrentar meus fantasmas
Navegar pelos mares de mistérios
E encontrar aquele tesouro oculto

Levarei comigo somente a coragem
E minha espada guardarei na viagem
Pois essa é a batalha dos sentidos
A fusão do corpo, da mente e do espírito

Deixarei os ventos fustigarem minhas velas
E como uma nau à deriva serei carregado
Para dentro da gruta do desconhecido
Onde ainda reside um obscuro de mim

Enfrentarei de armas em riste os pesadelos
E enterrarei todas as quimeras entre as montanhas
Escalarei o cimo do céu com minha galhardia
E cantarei símbolos sagrados no Templo do Sol

Somente assim poderei retornar
Com as rosas eternas dos jardins da vida
E me lançar aos seus carinhos delicados
Para contemplarmos o universo lado a lado


Jonas Rogerio Sanches 
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...