quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Uníssono

Visualizações:



Que as árvores escutem minha oração
E guarde-a em suas raízes profundas
Espalhe-as por todo o chão
Torne-as sementes fecundas

Que os pássaros enxerguem minha alma
E se embebedem na luz de minha aura
Em suas penas guardem meus segredos
Levem voando para longe os meus medos

Que a flor singela me empreste seu perfume
Meu lampião será o brilho do vaga-lume
Nos oceanos cantarei com os golfinhos
Cavalgarei junto aos cavalos-marinhos

Que as estrelas olhem por mim eternamente
Sejam meu lar quando eu partir em liberdade
Que eu me incorpore ao éter hermeticamente
Dissolvendo-me junto à espiritualidade


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...