quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Lápis N°2

Visualizações:



No rádio tocando Led Zeppelin
Na cabeça turbilhões de acordes
No peito aquela ânsia de viver
Nos olhos um marejado de saudade

Lá fora a chuva castiga meu jardim
O vento assovia nas frestas da janela
Ao longe o apito ensurdecedor do trem
Na rua sempre o mesmo vai e vem

No caderno me rendo às linhas
E imagino-as como cordas de violão
Onde dedilho as palavras agudas
Acompanhando o som de um avião

Tantos os detalhes ao meu redor
A criança que chora na casa ao lado
Cães que ladram pelos portões
Vários momentos e inspirações

Junto tudo em turnos e serestas
Onde eu vagueio e sou o narrador
Tenho o mundo na ponta do lápis
E no coração tenho um grande amor


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...