segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Um Universo

Visualizações:


Um universo que de tão belo é tenebroso
Com sua música de equilíbrio majestoso
Ecoada num vazio pelos quadrantes
Preenchendo tudo nesse acorde flamejante

Um universo infinito e insondável
Onde se encontram retidos meus pensamentos
Entre estrelas de grandeza incalculável
Nessa ciranda de ritmo inabalável

A compreensão de tudo isso é muito vaga
Pra nossa mente de força tão limitada
Mas para a alma é apenas um começo
Da descoberta das verdades emaranhadas

Um universo... Macrocosmos de um poeta
Onde habitam os seus sonhos mais secretos
Eterno e denso movimento criadouro
De luz e trevas... Ou então de amor repleto


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...