segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Os Véus do Conhecimento

Visualizações:


Das inconcebíveis memórias cósmicas
Somos apenas fragmentos
Em mudanças às vezes catastróficas
Análogos a grãos de areia ao vento

Mas mesmo nessa pequenez
Somos capazes de atos heróicos
Musicas, artes e histórias de reis
Até a bela doutrina dos estóicos

O conhecimento é velado, mas muitos o buscam
Direito dos homens a essência de Deus
Os tolos padecem, pois eles se exaltam
O sábio que cala adentra seus véus


Jonas Rogerio Sanches
Imagem: Google

2 comentários:

  1. Belissimo texto meu amigo...
    meu carinhoso aplauso...
    Me perdoe por não visita-los com tanta frequencia... estou na reta final do meu curso... daí ja viu... (uma correria danada)...
    Beijo grande em vcs... boa semana!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Jonas, vi seu link lá na nossa querida Marlene Goes e me interessei em vir te conhecer e que surpresa boa...como é lindo seu Blog e mais ainda seus poemas, fiquei encantada e já estou seguindo...
    Quanta intensidade em seus versos...feliz e sábio aquele que se compromete consigo em seu buscar interior, em seu desvendar e adentrar pelos véus da sabedoria vida.
    Um abraço e ótima semana...
    Valéria

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...