domingo, 24 de julho de 2011

Poesia à Machu Pichu

Visualizações:

Prodigiosos e magníficos tempos
Tempos em que tu foste construída
Mágica e resplandecente terra dos ventos
Onde a verdadeira magia foi vivida


Nos degraus de sua evolução
Criastes mitos sobre a vida
Dentre todas as experiências que vivi
Sua crença foi a mais querida


Na sua existência biocósmica
Homens-Deuses Construíram 
Verdadeiras e falsas estruturas
Onde apoiram-se e ruíram


Mas de sua história
Ficaram profecias e lendas
Pirâmides de labirintos
Entre suas emendas


Construída no limite
Entre a superfície e o zênite
A magia arquitetônica
Das florestas amazônicas


Descoberta centenária e intrigante
Tua história foi escrita sob véus
Interpretações já vi... Hilariantes
Dessa terra que divide os céus


A energia definia a hierarquia
O sangue humano era o preço dos pecados
As costas do caimão era todo o alicerce
As raízes da árvore gigante ali eram enterradas


Sob a sombra dessas árvores
Jaziam todos os sacerdotes
Os guerreiros destemidos
E as mulheres de mais dotes


A mais perfeita harmonia
Por tempos ali reinou
Mas as profecias do katum
Seu futuro direcionou


Restou ali
Somente ruínas
Mas os espíritos que ali habitam
São os portadores da doutrina


O mor arquiteto dessa terra
Foi denominado deus
Itzmaná era seu nome
E sua escrita ali prevaleceu


Dentre todas as culturas
Essa é a que mais admiro
Paisagens feitas em molduras
Aspirações das almas em retiro


Tanta saudade de um lugar
Que nessa vida não vivi
Tanta grandeza desse mar
Lugar primórdio do existir


Jonas Rogerio Sanches 
Imagem: Google


 
 





 







Um comentário:

  1. belas imagens e lindo texto poeta e carregados das energias de la...bjuu

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...